Blog

21/04/2011

Microdermoabrasão

A microdermoabrasão é um procedimento realizado com um aparelho que produz um jato de micro-cristais de hidróxido de alumínio em alta pressão, bombardeando a pele e aspirando os cristais de volta, juntamente com a pele que é atingida. O mesmo procedimento pode ser feito com lixa d’água, pontas de diamantes em alta rotação e anestesia local.
O tratamento é como um peeling cutâneo, cuja intensidade vai variar de acordo com a quantidade de cristais, a pressão utilizada e o número de vezes que a cânula é passada na pele.
Na aplicação superficial, após o procedimento, a pele fica avermelhada e edemaciada (inchada).
Na aplicação média, que chega a atingir a segunda camada da pele, há formação de crostas. Após a queda das crostas, a pele pode apresentar uma vermelhidão residual por cerca de 30 dias. São necessárias várias sessões de tratamento e os resultados são equivalentes aos dos peelings médios e profundos.
O intervalo entre as aplicações variam de acordo com a profundidade atingida. Quando o procedimento é mais superficial pode ser repetido a cada 7 ou 15 dias.

Número de sessões necessárias para se obter um bom resultado:
Rugas: 5 a 10 sessões
Estrias: 10 a 15 sessões
Seqüelas de acne: 5 a 10 sessões
O procedimento é realizado em consultório. É rápido e pouco doloroso, mas recomenda-se a aplicação de um anestésico tópico para diminuir o incômodo. Pessoas com pele de fototipo III ou superior só devem fazer o procedimento superficial, evitando assim manchas residuais após o tratamento.

Medicina estética
About admin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Olá, agende conosco!